Blog

OAB/MA participa da inauguração da expansão do terminal 1 no Porto do Itaqui

Na última quarta-feira, 24 de março, a OAB Maranhão, por meio da Comissão de Direito Marítimo, Portuário e Aduaneiro, participou de um momento histórico celebrando a expansão do Terminal 1, do Complexo Portuário do Itaqui.

A expansão do Terminal foi realizada com o intuito de atender a demanda crescente da região e melhorar o escoamento da produção portuária, que agora conta com seis tanques com capacidade de armazenamento de 96 mil metros cúbicos de granéis líquidos e carga seca.

A presidente da Comissão de Direito Marítimo, Portuário e Aduaneiro da OAB/MA, Najla Buhatem, destacou que esse investimento é um marco na história do porto e se sentiu honrada em participar desse momento, representando a Ordem.

“Essa conquista tem grande importância para o mercado portuário, pois vemos a cada dia o crescimento da produção em nosso estado. Hoje, grande parte do escoamento acontece pelo Porto do Itaqui”, destacou.

O gerente da Granel Química, Ary Serpa, reforçou o compromisso da empresa com o desenvolvimento portuário do Maranhão. “A gente acredita no Maranhão. Hoje, 28% de toda a nossa capacidade na América do Sul está aqui e vamos continuar investindo. Já prospectamos outros tipos de carga para diversificar nossa atividade e o nosso futuro aqui é longo e de sucesso”, afirmou Ary Serpa.

Participaram da inauguração: a presidente da Comissão de Direito Marítimo, Portuário e Aduaneiro da OAB Maranhão, Najla Buhatem; a advogada, fundadora e membro da CDMP, Lídia Pflueger; o presidente do Porto do Itaqui, Ted Lago; o gerente-geral da Granel Química, Edson Souki; o gerente da Granel Química, Ary Serpa, e o vice-governador, Carlos Brandão.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*